terça-feira, 9 de abril de 2013

Das(mais) bobagens que a gente escuta por ai...

Eu já disse que a Ju dorme comigo, e que eu não tenho nenhuma pretensão de colocar em pra dormir sozinha. Sou defensora eterna da cama compartilhada até quando a criança se achar segura o suficiente para dormir sozinha. E por causa dessa idealização, ambas as famílias me julgam o tempo todo. Não me importo com as pessoas de fora. Elas não interferem em nada na nossa vida, mas a família é um outro problema. Falam o tempo todo em mimar a minha filha, que quando eu casar ela vai me incomodar, que eu não vou ter privacidade e outras besteiras desse tipo. E o pior é que tentam mudar a minha filosofia de educação.

Eu não tiro as minhas idéias da minha cabeça (e mesmo que tirasse, a filha é minha, o problema é meu). Leio, pesquiso, analiso opiniões, invisto boa parte do meu tempo ocioso pra ser a melhor mãe que eu posso ser. Não acredito em radicalismo, acredito que o equilíbrio é a chave pro sucesso, não apenas na educação  mas em qualquer área da vida. Ainda mais nos dias de hoje, em que cada família pensa e age de forma diferente, com diferente resultados positivos.

Apesar de todas as criticas, acho que estou fazendo um bom trabalho. Ju está se desenvolvendo tão bem, é tão esperta, tão fofa. Talvez quando ela chegar aos 2 anos eu descubra que fiz algo errado, mas quem aqui não fez?!

Sigo levando a minha filosofia do "tudojuntoemisturado" pra ver aonde vamos chegar! beijos beijos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário